Luiza Erundina representa a extrema-esquerda em candidatura à presidência da Câmara

Embora sem chances reais de conquistar a cadeira, a extrema-esquerda definiu alguém para representá-lo na disputa pela presidência da Câmara.

Nesta segunda-feira (11), o PSOL realizou uma entrevista coletiva no Salão Verde da Câmara para anunciar que a deputada Luiza Erundina (PSOL-SP) será a candidata do partido para a eleição que vai escolher o substituto de Casa Eduardo Cunha, que enunciou ao cargo na semana passada.

A candidatura deve ser formalizada ainda nesta segunda. Pelas regras do pleito, as siglas tem a data limite de quarta-feira (13), até as 12 horas, para registrar participação. A eleição deve acontecer às 16 horas do mesmo dia.

Ex-integrante do PT (pelo qual foi prefeita da capital paulista), Erundina defende todas as pautas adotadas pelo partido, incluindo até a censura de mídia.

Advertisements
Anúncios

Deixe uma resposta