Base do PT está rachada

Após Lula e Roberto Requião tomarem um bolo na semana passada, sendo ignorados até por senadores aliados, e após Dilma ter desistido de comparecer à Comissão Especial do Impeachment no Senado, a bola da vez foi o Secretário Nacional da Juventude, Gabriel Medina, membro da ‘Democracia Socialista’ do PT, tecer duras críticas à atuação do partido.

Gabriel escreveu ao Brasil 247, conhecido site de propaganda petista, que o partido não tem que apoiar Rodrigo Maia e não deve ‘se vender aos interesses dos golpistas’. Medina se refere ao fato de que parte do PT quer apoiar o Democrata para a presidência da Câmara, sendo que isso se deve somente a uma jogada política. Os petistas estão desesperados para salvar o partido de uma derrocada sem fim e contam com a chance de receber apoio do DEM de volta, o que certamente não chegará a acontecer de qualquer jeito.

O apresentador Jô Soares, em seu programa no último dia 6 de julho, notou que muitos petistas e aliados no Senado já não se referem mais a Dilma como “presidenta”, inclusive Vanessa Graziotin (PC do B) e Gleisi Hoffmann (PT). Para Jô, isso pode significar uma perda de respeito entre os membros da base.

Anúncios

Deixe uma resposta