Inflação desacelera em junho e atinge menor taxa desde agosto de 2015

Após uma alta de 0,78% em maio, a inflação perdeu a força neste mês de junho. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) apresentou uma variação de o,35% no mês passado – menos da metade do mês anterior. A inflação do primeiro semestre de 2016 subiu 4,42%, abaixo dos 6, 17% do ano anterior. A alta acumulada nos últimos 12 meses é de 8,84%. Entre os alimentos, os grandes vilões são o feijão e o leite longa vida, afetados por questões climáticas nos últimos meses.

A taxa de junho foi a menor taxa mensal registrada desde agosto de 2015, quando o indicador ficou em 0,22%. A coordenadora de Índices de Preços do IBGE, Eulina Nunes dos Santos, concederá entrevista coletiva para comentar os resultados.

Anúncios

Um comentário sobre “Inflação desacelera em junho e atinge menor taxa desde agosto de 2015

  1. Esstas notícias de feijão à 20 reais o kilo, arroz 25 o pacote leite 5 reais o litro, é tud0o mentira, afinal a inflação está quase zero. SERÁ QUE ESTES OTÁRIOS PENSAM QUE O POVO É BOBO????

Deixe uma resposta