Caiado: “Temer tem que ter coragem, ser mais Temer e menos Dilma”

Em sua página no Facebook, o Senador Ronaldo Caiado tem criticado com veemência a intenção do governo do presidente interino Michel Temer de aumentar impostos para equilibrar o orçamento.

“Não foi para aumentar impostos que o povo pediu a saída de Dilma da presidência. Se existe um rombo nas contas públicas, é preciso cortar gastos e não dar reajuste ao funcionalismo, anistiar dívidas de estados maus gestores nem aumentar a carga tributária.”

Ferrenho defensor do enxugamento da máquina pública, Caiado já havia defendido a austeridade do governo nas Comissões de Constituição e Justiça e de Assuntos Econômicos. Único voto contrário à proposta de aumento de reajuste para o funcionalismo público, alegando que não é momento para se falar em aumento de gastos. Em artigo, o senador afirma que Temer precisa ter a coragem de assumir o que é prioridade e suspender aumento do funcionalismo. “Temer precisa ser menos Dilma e mais Temer porque se existe um novo governo não foi por iniciativa do Congresso ou de lideranças de classe. Foi a voz do povo que não quis mais um governo corrupto e gastador.”

 

Advertisements
Anúncios

2 comentários sobre “Caiado: “Temer tem que ter coragem, ser mais Temer e menos Dilma”

  1. Eu só vejo injustiça, só algo posso dizer,: enquanto houver interesse próprio da parte de cada um o país nunca crescerá, um país cresce com Educação e esforço de todos, sem classe A ou B.

  2. Tem que acabar as mordomias de todos os políticos profissionais e ladrões, onde se viu o Senador dispor de 80 assessores isso para começo de conversas e todos aqueles funcionários recebendo sem nada fazer e polpudos ordenados tanto na Camara com o no Senado e ainda os CCs que ganham sem sair de casa e aqueles que recebem polpudas aposentadorias tudo arranjado, fim para tudo isso que o caixa do tesouro será resolvido..e o Retorno do Regime Militar porque naquela época éramos felizes e não sabíamo e viva o Geisel com sua Profecia.

Deixe uma resposta