Blog petista Brasil 171 (ou 247) insiste na narrativa de uma “Dilma honesta” que nunca existiu

por Roger Scar

O site Brasil 247 é daquele tipo que não tem mesmo nenhuma vergonha de demonstrar seu petismo, o que para nós é muito bom, haja vista que sabemos exatamente com quem lidamos. Contudo, uma coisa é certa: mesmo para um site petista, a essa altura é simplesmente ridículo insistir na narrativa de uma “Dilma honesta”.

Em uma postagem feita hoje, o site diz que o impeachment foi uma conspiração de corruptos contra uma presidente honesta. Veja:

44.png

Certo. Vejamos…

A mesma delação que destruiu Aécio Neves, feita pelo empresário Joesley Batista, destruiu também Lula e Dilma, entre outros membros do alto escalão do PT. Que Aécio seja corrupto, que ele queria travar a Lava-Jato e que ele conspirava por isso, todos nós já sabemos, mas também sabemos que ele não fez nada disso sozinho.

Em vários trechos das conversas entre Aécio e Joesley, fica evidente que ele estava mancomunado com Renan Calheiros e Requião, que por si só são os maiores petistas fora do PT. Ele também estava mancomunado com gente de dentro do próprio PT, como ficou evidente em suas conversas.

Dilma, a propósito, nunca foi honesta. Não há apenas provas suficientes em contrário, há um mar de evidências. Para isso nem precisamos falar das delações, basta lembrar do que ela fez durante sua campanha para a reeleição, ou mesmo quando se elegeu pela primeira vez. As mentiras foram tantas que chega a ser difícil listá-las, mas algumas delas são:

  1. A equipe de Dilma, lá em 2010, apresentava um falso currículo da então ministra. No documento dizia-se que ela era Doutora em Economia, o que de fato nunca foi. Tempos depois essa história foi desmentida e nunca mais se tocou no assunto.
  2. O PAC, Programa de Aceleração do Crescimento, foi o carro-chefe da campanha de Dilma em 2010, quando havia sido ministra de Minas e Energia e, posteriormente, Ministra Chefe da Casa Civil. Porém, o PAC foi em si uma fraude. Diversos esquemas de licitação, elefantes brancos e obras que começaram sem jamais terminar.
  3. Em 2014, Dilma foi para a televisão, em Rede Nacional, meses antes da campanha, e anunciou que o preço da energia elétrica iria baixar. Realmente o preço baixou, mas por pouco tempo. Logo após sua reeleição ter sido garantida, veio a tona a verdade: uma fraude contábil que resultou não apenas em um aumento, mas cinco aumentos no preço no ano seguinte, 2015, o que foi uma facada no bolso do trabalhador.
  4. No mesmo ano, Dilma também fez um acordo com a Petrobrás para que não subisse o preço da gasolina. Por alguns meses antes das eleições o consumidor ficou feliz com os preços não tão elevados, mas logo que se reelegeu, no mês seguinte, tudo voltou ao normal e os preços voltaram a subir.
  5. Sobre a crise econômica, Dilma simplesmente ocultou dados da população, negando que houvesse qualquer crise. Durante toda a campanha ela mentiu publicamente, diante do país, afirmando que a tal crise era apenas boato. No ano seguinte, a crise bateu com força e começou a gerar desemprego, fome e instabilidade econômica. Os dados, posteriormente, vieram a tona, e tudo o que ficou comprovado é que Dilma e seu governo ocultaram estas informações do povo apenas para garantir a reeleição.

Tudo isso é bem grave e comprova que em momento algum Dilma Rousseff foi uma presidente honesta. As delações, que vieram um pouco depois, apenas impulsionam ainda mais nesse sentido.

Anúncios

2 comentários sobre “Blog petista Brasil 171 (ou 247) insiste na narrativa de uma “Dilma honesta” que nunca existiu

  1. De uma coisa eu tenho certeza: a Dilma Rousseff (ou será Dilma Roscoff?), e’ tão autêntica quanto uma cédula de três reais. Um verdadeiro desmanche de falsidade!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s