PF interceptou ligações suspeitas entre Aécio e Gilmar Mendes para aprovar “abuso de autoridade”

Autorizada pelo STF a pedido da Operação Patmos, a Polícia Federal interceptou conversa entre o presidente Temer e o deputado federal Rodrigo Loures, que recebeu R$500 mil da JBS. Na conversa, é falado sobre a expectativa do deputado a respeito de uma lei no setor de portos.

Também foi interceptada uma ligação entre o ministro do STF Gilmar Mendes e o senador mineiro Aécio Neves (PSDB). No relatório policial, consta que o senador pediu ao ministro que telefonasse ao senador Flexa Ribeiro (PSDB-AM).

Aécio Neves pede ao magistrado que fale para Ribeiro seguir a orientação de voto pretendida pelo presidente do PSDB, que trata do projeto de “abuso de autoridade” em discussão no Parlamento Nacional. A orientação, portanto, era de que o senador votasse favorável.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s