Nem Marta Suplicy escapou. Recebeu R$ 1 milhão da JBS, metade em caixa 2

De acordo com documentos apresentados por Joesley Batista em sua delação, Marta Suplicy teria lhe pedido R$ 1 milhão para sua campanha ao Senado, em 2010, após ser apresentada a ele por Antônio Palocci.

Após conversa, Joesley fez o repasse, mas acabou-se descobrindo que metade do valor foi pago em dinheiro vivo e sem nenhum registro no TSE, configurando portanto o crime de caixa 2.

Veja o vídeo:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s