Filmagens mostram entrega de dinheiro a emissários de Temer e Aécio

O colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, divulgou nesta quinta-feira imagens feitas pela Polícia Federal das entregas de dinheiro do diretor de relações institucionais da JBS, Ricardo Saud, a emissários do presidente Michel Temer e do senador Aécio Neves (PSDB-MG).

As imagens reveladas pelo jornal mostram o encontro e os deslocamentos do deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), ex-assessor de Temer, ao lado de Saud, em São Paulo, no dia 28 de abril.

Rocha Loures e Batista se encontram no café Il Barista, no shopping Vila Olímpia, e dali seguem ao restaurante Pecorino, no mesmo shopping. O jornal afirma que o deslocamento é uma “estratégia de despiste” do peemedebista.

Depois de meia hora no local, os dois vão ao estacionamento do shopping, onde Ricardo Saud mantinha 500.000 reais alocados dentro de uma mala em seu carro. As imagens mostram o dinheiro dividido em notas de 50 reais dentro da mala. O emissário de Temer, no entanto, não pega a mala e os dois seguem à pizzaria Camelo, nos Jardins, bairro nobre da capital paulista.

Segundo o jornal, este deslocamento também foi feito por sugestão de Rocha Loures, que entra na pizzaria sem a mala e depois sai do local carregando o objeto.

1.jpg

Direita em cima: Fred (primo de Aécio) na sede da JBS em São Paulo, entrando no prédio pelas catracas, aguardando na recepção para ser atendido pelo diretor da JBS, Ricardo Saud (O Globo/Reprodução)

2.jpg

Esquerda em cima: Ricardo Saud e Fred conversam antes da entrega da propina. A mala continha 500 mil reais em espécie. (O Globo/Reprodução)

3.jpg

Fred conta o dinheiro, separa um maço, coloca em sua bolsa a tira-colo e em seguida os dois saem da sede da JBS (O Globo/Reprodução)

A segunda entrega, uma semana depois, em 19 de abril, também aconteceu na sede da empresa de Joesley Batista. Naquele dia, como indicam as fotos publicadas por O Globo, o primo de Aécio Neves chegou à JBS portando uma mochila e é recebido por Ricardo Saud em um almoço em uma sala. O executivo coloca uma mala com 500.000 reais sobre a mesa, desta vez divididos em notas de 100 reais.

Saud, então, transfere o dinheiro à mochila de Frederico Pacheco de Medeiros. Na sequência, os dois aparecem juntos no estacionamento da empresa. Foi ali mesmo, como mostram as imagens, que o emissário de Aécio Neves entregou o dinheiro a Mendherson Souza Lima, assessor do senador Zezé Perrella (PMDB-MG), aliado do tucano. Dali, Souza Lima teria seguido a Belo Horizonte, viagem que teria sido acompanhada pela Polícia Federal, segundo O Globo.

4.jpg

Fred chega novamente à sede da JBS, em São Paulo. Ele e Ricardo Saud, diretor na empresa, almoçam juntos (O Globo/Reprodução)

5.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s