Após migração em massa de venezuelanos que fogem da ditadura socialista, Manaus decreta estado de emergência

A prefeitura de Manaus decretou estado de emergência social devido imigração em massa de venezuelanos, vítimas da ditadura socialista de Maduro, na cidade.

O decreto foi publicado na última quinta-feira, 4, no Diário Oficial do município e determina que sejam priorizadas ações emergenciais, e que os órgãos e entidades do município fiquem em alerta para atender solicitações.

“O que nós queremos verdadeiramente é a inclusão do governo federal e do governo do Amazonas nas ações que tem como objetivo dar uma solução a curto prazo para o drama dos venezuelanos que estão em Manaus desde o início de dezembro do ano passado. Quando eles aqui chegaram eram um grupo de 35 pessoas. Hoje nós já temos mais de 350. A situação é verdadeiramente de emergência”, diz o secretário Elias Emanuel, da Semmasdh.

Anúncios

Um comentário sobre “Após migração em massa de venezuelanos que fogem da ditadura socialista, Manaus decreta estado de emergência

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s