Doria e Alckmin pretendem tirar as Marginais das mãos do Estado, para desespero da extrema-esquerda

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o prefeito João Doria, ambos do PSDB, reuniram-se na manhã desta segunda-feira (8), para discutir a possibilidade de ceder as Marginais do Tietê e do Pinheiros à iniciativa privada, em forma de concessão ou parceria público-privada (PPP).

Alckmin disse que há conversas iniciais sobre fazer uma concessão ou PPP das Marginais, uma ideia que, segundo ele, deve ser amadurecida. Após a reunião, em coletiva de imprensa na Prefeitura, Doria afirmou que, embora tenha sido uma conversa preliminar, a ação está sendo desenhada com o governo do Estado.

Ainda não há detalhes sobre as contrapartidas da concessão, mas a cobrança de pedágio não é descartada. “Não há nenhuma decisão sobre pedágio, e isso nem foi mencionado na reunião”, disse o prefeito. Doria não descartou a possibilidade de ser adotada a cobrança, mas destacou que “por enquanto nem é objeto de debate”.

No encontro, estiveram Elival da Silva Ramos, diretor-geral da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp); e Flávio Carvalho, diretor-presidente da Concessionária ViaOeste, do Grupo CCR, que administra as Rodovias Castelo Branco e Raposo Tavares; além dos secretários municipais de Serviços e Obras, Marcos Penido; Mobilidade e Transportes, Sérgio Avelleda; e Justiça, Anderson Pomini.

A matéria é da Jovem Pan.

Anúncios

3 comentários sobre “Doria e Alckmin pretendem tirar as Marginais das mãos do Estado, para desespero da extrema-esquerda

  1. Se o Dória permitir a cobrança de pedágio nas marginais, ele vai ter cometido um erro fatal para seu futuro político!!! Pedágio dentro da cidade será um desgaste monstruoso e DIARIO para o prefeito – e sem nenhuma necessidade!!! Tá precisando de dinheiro? Oras, faça a concessão de outros bens públicos que não irão gerar um desgaste como esse. Não cometa esse erro, Dória!!!

    Curtir

  2. Não sei qual dos dois seria o mais cara de pau… Você conceder ou privatizar as coisas tem que ser acompanhada com redução drástica de impostos, caso contrário não passa de mais um imposto que eles estarão socando no rabo da população… Agora privatizar ruas da cidade seria um suicídio eleitoral total, ainda seriam linchados nas ruas hahahahahahahahahahahaha…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s